O Prêmio | Objetivos

Um dos maiores e mais conceituados grupos de ensino superior do Brasil, presente em 22 estados do país e no Distrito Federal, a Estácio realiza o Prêmio Estácio de Jornalismo desde 2011. O objetivo do prêmio é fomentar a produção pela imprensa de matérias jornalísticas que abordem o Ensino Superior no Brasil, de forma a ampliar o debate e a importância do tema para o desenvolvimento do país. O Prêmio Estácio de Jornalismo contempla trabalhos jornalísticos de todas as regiões geográficas do Brasil, dando visibilidade tanto a veículos de circulação nacional, como regionais e locais. O prêmio é hoje o único em nível nacional dedicado exclusivamente à temática do ensino superior.

Comprometida com a sua missão “Educar para Transformar”, a Estácio acredita que o Brasil só vai dar o salto evolutivo de que precisa se conseguirmos oferecer ensino de qualidade com escala. Não basta oferecer ensino de qualidade, mas precisa ser numa escala a ponto de resgatar milhares de brasileiros que estão fora do ensino superior. Se um país não chega a lugar nenhum sem educação, a liberdade de expressão para se tratar temas absolutamente cruciais para o país é outro compromisso inegociável. E um destes temas é justamente a educação e, mais especificamente, o ensino superior.

Não resta dúvida, também, de que o Brasil precisa urgentemente atrelar um projeto educacional consistente, de longo prazo, ao seu projeto de país, que contemple a educação como fator estratégico para o desenvolvimento sustentável da nação, que coloque na educação o seu referencial de futuro.

Diante de um cenário tão desafiador, a Estácio deseja, por meio deste prêmio, continuar a estimular a imprensa a colocar o ensino superior em sua pauta, por meio de um olhar crítico e investigativo, lançando luz sobre o tema, abrindo espaço para discussão de soluções e apontando caminhos para um segmento tão estratégico.

O Prêmio Estácio de Jornalismo contempla matérias que tenham as seguintes abordagens:

  • Desafios do Ensino Superior no país;
  • Iniciativas positivas e boas práticas implementadas no setor por todo o Brasil;
  • Casos em que a educação superior, na modalidade presencial ou a distância, em pequena ou larga escala, representou meio de ascensão profissional e financeira de jovens, grupos e municípios;
  • Análises sobre a relação entre a economia brasileira e o desenvolvimento do Ensino Superior no país;
  • Análises comparativas do ensino superior em outros países que contribuam para determinar a posição do Brasil no cenário internacional do setor;
  • Crescimento do mercado de Ensino Superior no país em seus mais variados segmentos;
  • A importância da pesquisa acadêmica para o desenvolvimento científico e tecnológico do país;
  • Políticas públicas que favorecem o acesso ao Ensino Superior;
  • Análises sobre a importância da formação acadêmica para uma boa colocação no mercado de trabalho;
  • Experiências recentes de inovação na educação superior brasileira;
  • Exemplos de expansão qualificada da educação superior do país;
  • Reportagens que abordem o sistema brasileiro de avaliação do setor.