Notícias

26/09

voltar

Conheça os vencedores do Prêmio Estácio de Jornalismo

Instituição entregou R$100 mil para os autores das melhores reportagens sobre o ensino superior no Brasil

Rio de Janeiro, 26 de setembro de 2013 – A Estácio anunciou na noite de ontem, em cerimônia na Zona Sul do Rio de Janeiro, os vencedores do Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2013. A festa de premiação reuniu cerca de 80 profissionais de comunicação de todas as regiões do Brasil.

Foi distribuído um total de R$ 100 mil entre os nove prêmios da edição, que este ano ganhou uma nova categoria: o Grande Prêmio Estácio de Jornalismo, atribuído à melhor reportagem produzida sobre o ensino superior e disputado por todos os finalistas, independentemente da modalidade em que estavam inscritos.

Para o presidente da Estácio, Rogério Melzi, o grande legado do Prêmio é associar de forma inequívoca educação e imprensa livre. “Através deles, podemos mudar verdadeiramente o país e ajudar a fazer um Brasil melhor, mais justo e mais desenvolvido.”

A jornalista Angela Chagas, da equipe do Terra, vencedora da categoria Internet Nacional, destacou a importância da premiação para estimular cada vez mais a imprensa a investir na cobertura de educação. “Queria pedir para que todos os jornalistas procurem dar mais espaço para a educação.”

Para Natália Pianegonda, da Band News FM (Brasília), vencedora da categoria Rádio Nacional, “fazer reportagem aprofundada durante a correria do dia a dia é um desafio. “Estamos muito felizes pelo reconhecimento.”

Vencedora da categoria TV Nacional, a jornalista Camila Konder, do Globo Universidade, comemorou: “Somos um programa jovem dentro da grade da TV Globo e ficamos muito felizes e emocionados em receber esse prêmio.”

Sabine Righetti, da Folha de S.Paulo, destacou o árduo o trabalho que lhe garantiu o prêmio da categoria Impresso Nacional: “Foram oito meses de trabalho. O Ranking Universitário da Folha veio pra ficar.”

Lauro Neto, do jornal O Globo, ganhou o Grande Prêmio Estácio de Jornalismo com a reportagem que denunciou os graves erros de correção nas redações do Enem: “Quero parabenizar a Estácio pelo desafio. A educação tem a capacidade de transformar o país. A imprensa tem esse papel fundamental de apoiar a educação. E não posso deixar de agradecer também aos meus professores que me ensinaram a escrever.”

Os premiados foram:

Grande Prêmio Estácio de Jornalismo:
Autor Lauro Neto
Reportagem JOGO DOS MIL ERROS
Veículo O GLOBO

Impresso Nacional:
Autor Sabine Righetti, Fábio Takahashi, Heloísa Helvecia, Hélio Schwartzman, Vera Guimarães e Daniele Doneda
Reportagem RANKING UNIVERSITÁRIO DA FOLHA
Veículo FOLHA DE S.PAULO

Impresso Regional:
Autor Eliane Rocha
Reportagem SÉRIE CIDADÃOS BRASILEIROS
Veículo RORAIMA HOJE (Boa Vista)

Internet Nacional:
Autor Angela Chagas, Gilmar Vaz, André Roca e Marina Novaes
Reportagem DA ESCOLA PÚBLICA A HARVARD: OLIMPÍADAS MUDAM DESTINO DE CAMPEÕES
Veículo PORTAL TERRA

Internet Regional:
Autor Luana Marinho e Renato Oselame
Reportagem BAIANOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL LUTAM POR DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR
Veículo Correio 24 horas (Salvador)

TV Nacional:
Autor Alexandre dos Santos, Camila Konder, Rogério Coutinho, Júlia Braga, Maria Lindenberg, Ricardo Mendes, Josué Luz, Rodrigo Nogueira, Carlos Gomes e Aldrin Luciano Gázio
Reportagem EDUCAÇÃO ESCOLAR
Veículo Globo Universidade (TV Globo)

TV Regional:
Autor Rita Brito, Eduardo Oliveira, Alana Medeiros, Dimitri Lima e Delane Ratts
Reportagem REDENÇÃO – A EDUCAÇÃO REDUZINDO FRONTEIRAS
Veículo Nordeste TV – Afiliada do SBT (Fortaleza)

Rádio Nacional:
Autor Natália Pianegonda, Natália de Godoy Aquino e Rodrigo Orengo
Reportagem BRASIL: PROCURAM-SE CIENTISTAS
Veículo Band News FM (Brasília)

Rádio Regional:
Autor Celso Freire e José Luis Silva
Reportagem UMA COTA DE DISCRIMINAÇÃO NA UFPA
Veículo Rádio O Liberal CBN (Belém)

O Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2013 recebeu 211 inscrições de órgãos de imprensa de 20 estados e do Distrito Federal. No total, 90 veículos de todas as regiões do país participaram desta edição.

Os finalistas foram escolhidos por uma comissão de 12 jornalistas, professores da Estácio nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza, Vitória, Belém, Florianópolis e Belo Horizonte. Um sistema de Avaliação Online permitiu que a mesma reportagem fosse analisada diversas vezes por jurados de várias regiões geográficas do país.

A comissão final que apontou os vencedores foi composta por Augusto Nunes, colunista da revista Veja online e vencedor de quatro prêmios Esso; Ilona Becskeházy, consultora da Fundação Lemann e comentarista de educação da rádio CBN; Arnaldo Niskier, doutor em Educação e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL); Roberto Muggiati, escritor, ex-repórter da BBC, de Londres, e ex-editor das revistas Veja e Manchete; e Vera Iris Paternostro, gerente de desenvolvimento de jornalismo da TV Globo e autora de livros.

Sobre a Estácio

Um dos maiores e mais conceituados grupos de ensino superior da América Latina, a Estácio atua há 42 anos no país. A instituição, presente em todas as regiões geográficas do Brasil, possui cerca de 4 mil funcionários, corpo docente de 7,5 mil professores e 313,4 mil alunos matriculados.

Formada por 39 instituições de Ensino Superior, entre Universidades, Centros Universitários e Faculdades, está presente em 20 estados e no Distrito Federal. Com um total de 77 campi, a instituição oferece diversos cursos presenciais e a distância de Graduação Tradicional, Tecnológica e Licenciatura nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas, cursos de pós-graduação lato sensu presenciais e a distância, cinco cursos de Mestrado e três cursos de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação), avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (Capes), além de cursos de extensão e educação corporativa.

Um dos principais diferenciais da Estácio é a oferta de material didático gratuito aos alunos. São capítulos integrais das melhores obras para cada disciplina e curso, oferecidas aos alunos com o pagamento, pela insitutição, dos direitos autorais devidos. E há dois anos a Estácio inovou mais uma vez: cerca de 20 mil novos alunos já recebem o material didático do curso em um tablet. Além dos conteúdos de cada aula, de cada disciplina, o tablet traz ainda simulados, uma rede social exclusiva para os alunos (a Didátic@), chats, biblioteca virtual, entre vários outros materiais. A Estácio aposta na tecnologia e na inovação como ferramentas que ampliam e transformam as oportunidades de aprend