Notícias

18/04

voltar

Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2012 anuncia comissão julgadora

Inscrições das reportagens sobre Ensino Superior podem ser feitas até 30 de junho

• Serão distribuídos R$ 68 mil brutos em premiações nas mídias TV, rádio, jornal, revista e internet de todo o país

A Estácio anuncia a comissão julgadora do Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2012, cujas inscrições podem ser feitas até 30 de junho. São oito grandes nomes do jornalismo e da comunicação corporativa que vão avaliar e apontar as melhores reportagens sobre Ensino Superior no Brasil.

São eles: Affonso Romano de Sant’Anna, cronista, escritor, poeta, doutor em Letras e ex-presidente da Biblioteca Nacional; Augusto Nunes, colunista da revista Veja on line e vencedor de quatro prêmios Esso; Deonísio da Silva, escritor, doutor em Letras pela USP e Vice-reitor de Extensão da Universidade Estácio de Sá; Gilberto Dimenstein, jornalista, colunista da Folha de S.Paulo e da rádio CBN, conquistou dois prêmios Esso e integra uma incubadora da Universidade de Harvard; Ilona Becskeházy, consultora da Fundação Lemann e comentarista de educação da rádio CBN; José Luis Laranjo, diretor do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do município do Rio de Janeiro e coordenador geral do curso de Comunicação Social da Universidade Estácio de Sá; Maristela Mafei, sócia-fundadora do Grupo Máquina PR, especialista em gestão de reputação e estratégia de comunicação e autora de livros voltados para a área de comunicação corporativa; e Ricardo Boechat, jornalista, âncora da Band e da rádio BandNews, colunista da revista IstoÉ e vencedor de três prêmios Esso.

O Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2012 vai distribuir R$ 68 mil brutos em 8 premiações diferentes. Na categoria Veículo Nacional são R$ 10 mil brutos para o melhor trabalho jornalístico impresso (jornal e revista); R$ 10 mil para TV; R$ 10 mil para rádio; e R$ 10 mil para internet. E na categoria Veículo Regional são R$ 7 mil brutos para o melhor trabalho jornalístico impresso (jornal e revista); R$ 7 mil para TV; R$ 7 mil para rádio; e R$ 7 mil para internet.

As inscrições estão abertas e seguem até 30 de junho de 2012. Todas as informações sobre o Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2012, como o regulamento completo e ficha de inscrição, estão disponíveis no endereço www.estacio.br/premiodejornalismo. São elegíveis apenas matérias jornalísticas que tratem sobre o tema Ensino Superior e tenham sido produzidas entre 10 de julho de 2011 e 10 de junho de 2012.

“A Educação Superior é um tema de extrema importância para o Brasil. Se o país não fizer a revolução que precisa na área educacional, seu crescimento não será sustentável. Atualmente, muitos brasileiros da classe C são os primeiros na família a conquistar o diploma de nível superior. E a Estácio acredita que a imprensa é essencial para fomentar a discussão do setor para que mais brasileiros entendam a importância do acesso à universidade”, afirma Rogério Melzi, presidente da Estácio.

A primeira edição do Prêmio Estácio de Jornalismo, ocorrida em agosto de 2011 no Monumento Estácio de Sá (Zona Sul do Rio de Janeiro), premiou jornalistas de todo o país.

Veja abaixo os ganhadores da Edição 2011:

TV Nacional: Cíntia Borsato, representando a equipe do Jornal da Globo, da TV Globo, com a reportagem “Universidade – Chave do Futuro”, uma série de 5 reportagens do jornalista Rodrigo Alvarez.

TV Regional: Richelle Bezerra, da TV Arapuan, afiliada da Rede TV na Paraíba, com a reportagem “Educação superior a distância”

Rádio Regional: Nestor Tipa Júnior, da Rádio Gaúcha, com a reportagem “Campo Terceiro Grau”

Impresso Nacional: Camila Guimarães, da revista Época, com a reportagem “Tire seu diploma pela internet”

Impresso Regional: Glória Tupinambás, do jornal Estado de Minas, com a reportagem “Bolsistas Nota 10”

Internet Nacional: Tatiana Klix, do site IG, com a reportagem “Novas federais cobrem vazios no mapa do ensino”

Internet Regional: João Humberto Chaves, de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, do site EntreaTTos, com a reportagem “Quando a obstinação faz a diferença entre o sonho do diploma e a formatura”

Sobre a Estácio

Um dos maiores e mais conceituados grupos de ensino superior da América Latina, a Estácio atua há mais de 40 anos no país. A instituição, presente em todas as regiões geográficas do Brasil, possui cerca de 4 mil funcionários, um corpo docente de 7,5 mil professores e 265,7 mil alunos matriculados. Formada por 33 instituições de Ensino Superior, entre Universidades, Centros Universitários e Faculdades, está presente em 36 cidades de 17 estados. Com um total de 68 campi, a instituição oferece diversos cursos presenciais e a distância de Graduação Tradicional, Tecnológica e Licenciatura nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas, cursos de pós-graduação lato sensu presenciais e a distância, cinco cursos de Mestrado e três cursos de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação), avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (Capes), além de cursos de extensão e educação corporativa. A Estácio mantém parceria com a Ecole hôtelière de Lausanne (Hotelaria suíça), a Alain Ducasse Formation (Gastronomia francesa) e a Universidade de Coimbra (Direito em Portugal). Um dos principais diferenciais da Estácio é a oferta de material didático gratuito aos alunos. São capítulos integrais das melhores obras para cada disciplina e curso, com o pagamento dos direitos.